ExpoLages - Notícias - Diversidade de expositores e de animais marcaram a Expolages 2017

Logo ELNotícias

Diversidade de expositores e de animais marcaram a Expolages 2017

A Expolages 2017 ficou marcada pela diversidade e pela participação de expositores da região. O setor multissetorial abrigou, somente no pavilhão central, 43 estandes, sendo 32 de Lages e 11 de fora. Outros 40 ocuparam todos os espaços externos. No campo do agronegócio a multiplicidade de raças também aumentou. Há muito tempo não havia tantos animais diferentes para serem avaliados e julgados. Em razão disso, a movimentação econômica através dos leilões resultou num volume de negócios superior a R$ 2 milhões. Entre as novidades, uma exposição e leilão nacional de ovinos, da raça Hampshire Down.

Para o dirigente da Associação Rural Márcio Pamplona, o que se registra é a ascensão a cada ano da qualidade genética dos animais. Tanto, que importadores já estão se desdobrando, para, em 2018, entre os meses de maio e junho buscarem na região, de 25 a 30 mil terneiros inteiros, ou seja, não castrados. “Isso significa mais dinheiro circulando e estimulando os criadores seguirem investindo no setor”, salienta. Sobre o resultado dos leilões, tanto de bovinos quanto de equinos, houve a manutenção dos preços médios, e em alguns casos, acima.

Sadi Montemezo, presidente da Associação Empresarial (ACIL), destacou a participação efetiva de várias empresas parceiras, como a Minusa e a Ipiranga, além da inclusão de novas, e que pela primeira vez participaram da Expolages. É o caso da Ekomposit e da Mega Bebidas Lages. Assim como, a valorização do artesanato local. “Posso dizer que o evento foi superior ao do ano passado. Esteve bem acima das nossas expectativas”, afirmou. Ainda de acordo com Montemezzo, é importante destacar a realização de eventos paralelos, tais como as rodadas de negócios, o seminário de piscicultura e o curso de jurados, e a prospecção de negócios futuros que podem somar mais de R$ 15 milhões.

Os expositores da Camaro Imobiliária acharam a Feira bem mais produtiva; mais rica e qualificada. Quanto às visitações, entendem que foi de um público seleto e que valorizou o produto exposto.

Já o pessoal do estande da empresa de prestação de serviços, a Compor, a participação resultou na divulgação da proposta, resultando, inclusive, no fechamento de uma parceria com a ACIL. “A Expolages foi para nós uma vitrine que resultou no desdobramento de negócios futuros, em vários segmentos, inclusive, no agronegócio”, disseram os empreendedores Ana Letícia, Alceu Keller e César Arruda.





[+] veja todas as notícias